Seriado Sandy e Junior

seriado

Sandy & Junior contava, com humor, romance e música, as aventuras de uma turma de jovens amigos adolescentes. Cada episódio era pontuado por números musicais da dupla ou de artistas convidados, e encerrado com um videoclipe relacionado à história. O seriado foi precedido por um programa piloto, levado ao ar como um especial de fim de ano, em dezembro de 1998.

Até março de 2002, a ação do seriado se passava no colégio, CEMA – Centro Educacional Mário de Andrade, onde a turma enfrentava novos desafios enquanto se divertiam entre festas e paqueras. As gravações do programa eram realizadas em uma escola de verdade em Campinas, o colégio Liceu Salesiano. Um dos cenários mais utilizados era o trailer do personagem Basílio, que servia de ponto de encontro dos jovens à noite.

A cantora, que dá nome ao programa, juntamente com o seu irmão Junior, era a protagonista do seriado. Sandy é uma das figuras mais populares da escola e uma espécie de líder dos alunos, por conta da inteligência e do seu temperamento meigo e conciliador. Junior é o irmão solidário e articulado. Apaixonado por música, ele toca bateria numa banda e é o DJ da emissora de rádio do colégio, a Rádio Dez.

Um grupo de jovens liderados pelo personagem Boca (Igor Cotrin) fazia de tudo para atrapalhar as boas intenções dos amigos de Sandy e Junior. A partir desses confrontos surgiam diversas situações em que se contrapunham o bem e mal, o certo e o errado. No decorrer e ao fim de cada episódio, a dupla de cantores apresentava um clipe musical relacionado a história exibida.

Entre os jovens havia tipos como o galã Gustavo (Paulo Vilhena), a mimada Patty (Fernanda Paes Leme), e o tímido Basílio (Wagner Santisteban). Na equipe de professores também figuram os liberais, como Rebeca (Adriana Lodoño), e os mais exigentes, como Elvira (Cidinha Milan), todos comandados pelo diretor Camilo (Geraldo Blota Filho), grande aliado dos alunos.

Em 2000, entra para a escola a dupla Talita (Talita Cantori) e Duda (Vítor Morosini), ambos de 10 anos, alunos do ensino fundamental. Juntos, os dois passam a criar muitas confusões para Sandy, Junior e seus amigos.

Na temporada de 2001, entraram novos personagens na trama, e Junior ganhou um par romântico: a bela Carol (Paula Picarelli), que ele conhece durante os ensaios de uma peça dirigida por Sandy. A moça é irmã de Alvinho (Fausto Maule), um jovem mau-caráter que tem uma queda por Sandy. Uma das amigas de Sandy nessa fase é Clara (Marie Catarine de Lanna). Entre os novos professores, estão Lola (Gabriela Rea) e Borborema (Luís Serra).

Na temporada de 2001, entraram novos personagens na trama, e Junior ganhou um par romântico: a bela Carol (Paula Picarelli), que ele conhece durante os ensaios de uma peça dirigida por Sandy. A moça é irmã de Alvinho (Fausto Maule), um jovem mau-caráter que tem uma queda por Sandy. Uma das amigas de Sandy nessa fase é Clara (Marie Catarina de Lanna). Entre os novos professores, estão Lola (Gabriela Rea) e Borborema (Luís Serra).

Em 2002, o seriado Sandy & Júnior iniciou uma nova temporada, com redação final de Ronaldo Santos, texto de Charles Peixoto, Manuela Dias e Thereza Falcão. O cenário deixa de ser o colégio Cema, e as histórias passam a se desenvolver num condomínio na cidade do Rio de Janeiro. Na nova fase, Sandy e Junior estão na universidade – ela faz psicologia; e ele, música – , são artistas famosos filhos de Xororó e Noely, como na vida real. Agora os personagens são quase adultos, têm sua própria casa e cuidam da própria vida. O programa aborda as temáticas do universo jovem, como conflitos de geração, divergências entre grupos de amigos, romances e muita música.

Como os episódios custavam em torno de R$ 150 mil cada um, o seriado era quase uma sitcom. Afinal, o foco das tramas eram a intimidade dos personagens. No apartamento que Patty (Fernanda Paes Leme) dividia com Bete (Karina Dohme) e Bebel (Camila dos Anjos), por exemplo, o público via a diferença entre as meninas: a folgada, a desastrada e a responsável até demais, respectivamente.

Basílio mora no Detonação, um espaço alternativo, misto de centro cultural e bar, do qual é proprietário – em sociedade com Sandy e Junior – e onde promove shows, palestras e exposições.

Outro cenário fixo nessa fase é a academia de dança onde Sandy tem aulas. Esse núcleo reúne personagens como a professora Olga (Ariclê Perez), ex-primeira bailarina e dona da academia; João Pedro (Eric Marmo), garçom do Detonação e novo par romântico da heroína; e os irmãos Tony (Edward Boggis), Nico (André Cursino) e Yoko (Danielle Suzuki), filhos do mesmo pai com três mães diferentes.

A vilã da temporada é Laila (Graziella Schmitt), menina que manipula as pessoas e tem o claro objetivo de conquistar o coração de Junior e levá-lo para o altar, apesar de namorar Tony.  Já sua irmã, Leila (Juliana Knust), é bem diferente. Totalmente zen, joga tarô, I Ching, faz meditação e adora misticismo e esoterismo.

A série foi ao ar pela última vez na TV Globo em março de 2003.

Atualmente é reprisada pelo canal por assinatura Viva, de segunda a sexta-feira.

FICHA TÉCNICA

Emissora original: Rede Globo.
Ano de Produção: de 1999 a 2003 (114 episódios).
Companhias Produtoras: Rede Globo.
Elenco: Sandy, Junior, Adriana Londoño, Adriano de Jesus, Aldine Paiva, Aline Ortolan, André Cursino, Andréa Bassit, Ângelo Cesare Fincati, Ariclê Perez, Blota Filho, Bruna Thedy, Camila dos Anjos, Carmem Lu de Mendonça, Celso Bernini, Cidinha Milan, Cíntia Rosa, Daniel Del Sarto, Daniele Suzuki, Douglas Aguilar, Edward Boggis, Eric Marmo, Fábio Azevedo, Fábio Montanari, Fausto Maule, Fernanda Paes Leme, Gabriela Rea, Geraldo Pestalozzi, Gisela Marques, Graziella Schmitt, Guilherme Pieri, Igor Cotrim, Ivan de Almeida, José Trassi, Juliana Knust, Karina Dohme, Leona Cavalli, Letícia Colin, Linho Bernini, Lozzi, Luís Serra, Márcia Manfredini, Marcos D’Amigo, Marcos Mion, Mariana Ximenes, Marie Catarine de Lanna, Pachecão, Patrícia Lucchesi, Paula Picarelli, Paulo Vilhena, Regina Remêncus, Rosali Papadol, Sidney Sampaio, Tales Vinícius, Talita Cantori, Tatyane Goulart, Umberto Magnani, Wagner Santisteban, Vítor Morosini.

Redação: Adriana Avellar, Sarah Lavigne e Thiago Marinho, Charles Peixoto, Manuela Dias e Thereza Falcão | Redação final: Maria Carmem Barbosa, Ronaldo Santos | Produção de elenco: Frida Richter, Alessandra Vieira, Rosane Quintaes | Assistência de direção: Peter Bretas, Guto Arruda Botelho | Produção de engenharia: Abílio Páscoa | Figurino: Geórgia Sampaio, César Dante | Caracterização: Wanderley Nunes, Marcelo Piva, Marcelo Vedrossi | Cenografia: Isabela Sá, Eliane Heringer | Câmeras: José Carlos Teodolino, Clóvis Manzili, Paschoal Mauro, Marcos Fabian, Cid Rima, Gustavo Ferret, João Ricardo, Ricardo Gonzaga, Ademarino | Direção de arte: Antônio Meliante | Produção de arte: José Artur Camacho | Direção de imagem: Karen Levi | Direção de fotografia: Marcelo Yamada | Efeitos visuais: Eduardo Halfen, João Victor Boechat | Efeitos especiais: Paulo Badaró, Gilson Figueiredo, Victor Klein | Edição: Roberto Mariano, Paulo Maia | Sonoplastia: Leonardo de Souza, Gerson Braga, Breno Poubel, Antônio Doutel | Continuidade: Elba Kurosawa, Silvia Moreiras | Produção musical: Edom de Oliveira, Victor Pozas | Direção musical: Mariozinho Rocha | Coreografia: Regina Sauer | Coordenação de produção: Jayme Henriques, Tuti Steves, Walter Borghi | Gerência de produção: Antônio David, Andréa Kelly | Direção de Produção: Guilherme Bokel | Direção: João Camargo, Tininha Araújo | Direção Geral: Paulo Silvestrini | Direção geral de criação: Carlos Manga

O seriado Sandy e Junior foi o grande vencedor do “5° Prêmio Contigo! de Novelas”, na categoria ‘Melhor Infanto Juvenil’.

FOTOS
Clique para ampliar

CURIOSIDADES

– De março a junho de 2001, Sandy conciliou as gravações do seriado com as da novela Estrela-Guia (2001), na qual interpretava a protagonista Cristal. Junior também participou da novela como Zeca, um malabarista de rua;

Com o fim do seriado, em março de 2003, Sandy e Junior passaram a investir nas filmagens de Acquária, primeiro filme da dupla, que estreou nos cinemas em dezembro daquele ano, com direção de Flávia Moraes;

O seriado procurava abrir espaço para jovens talentos da música. As bandas que se apresentavam no Detonação, por exemplo, eram formadas por músicos novatos;

O Caldeirão do Huck exibiu um especial com Sandy e Junior no programa de 23 de junho de 2001. Os dois cantaram A Lenda, Enrosca, Vamo PulÁ e participaram de brincadeiras ao lado de Fernanda Rodrigues, Thiago Fragoso, Sergio Marone e Thaís Fersoza, do elenco de Estrela-Guia; e Fernanda Paes Leme, Wagner Santisteban, Bruna Thedy e Douglas Aguiar, do elenco do seriado Sandy & Junior. Outra convidada foi Ivete Sangalo, cantando sua versão para a música da dupla, As Quatro Estações. O Caldeirão do Huck ainda brindou o público com a exibição de um vídeo amador inédito com cenas dos irmãos quando crianças;

No dia 03 de novembro de 2001, o Altas Horas recebeu Sandy e Junior que cantaram, dançaram e se emocionaram com as surpresas que o programa reservou à dupla, como depoimentos de Gilberto Gil, Milton Nascimento, Enrique Iglesias e a presença de Laura Pausini. Pelo telão, o ator Rodrigo Santoro, que já trabalhou com Sandy e Junior em Estrela-Guia e fez uma participação no último CD da dupla, contou como são os irmãos longe das câmeras. Uma reportagem mostrou jovens que imitam a dupla pelo país inteiro e, de Campinas, o elenco do programa Sandy e Junior homenageou a dupla e divertiu a plateia com improvisos e curiosidades do programa dominical. Outras surpresas foram a participação de Chitãozinho, Xororó e Noely, e a exibição do Making Of de alguns clipes da dupla.

Por: A Gente Dá Certo – com informações de Memória Globo e Wikipedia